Eu e mim mesma


30/06/2011


296°Delírio

...tanto tempo se passou, um tempo de silêncio, palavravas ocas, mudas, escondidas em mim...delírios tímidos, guardados, de um tempo fora...volto as palavras, volto ao pensamento que me assalta sem pedir permissão e que de toda forma me salva...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 15h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

17/01/2011


295º Delírio

...tenho delirado que tudo já é passado...çomo se vivesse num futuro distante...como se ja fosse fim de ano novamente e estivesse novamente fazendo as compras do Natal porque tudo passa tão rápido...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 00h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

07/12/2010


294º Delírio

...eu me aborreço...me calo...grito...ensaio...relaxo...exalo... sou tantos sabores que saio... eu volto em zigue-zague...persisto...gosto deste sabor ácido que engulo enquanto te calo...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

05/12/2010


293º Delírio

...eu me recuso a ser alguma coisa...sou muitas...sou tantos encontros e desencontros de mim mesma que me afogo e me salvo...sempre...

... posso ser como o vento que acalma, refresca ou como a tempestade que passa e faz um estrago... sou tudo e nada... e me entrego a vida insana e sana ao mesmo tempo...

besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 20h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

18/11/2010


292º Delírio

...tanta saudades daqui...tanta ausência de mim mesma...escrevo palavras mentindo pra mim e assim finjo a verdade que sou... delirando conspiro, sou livre me inspiro...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 23h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

06/10/2010


291ºDelírio

... eu me re (faço), eu me esqueço, eu me lembro... tudo de novo eternamente... o meu eterno retorno...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 10h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

29/09/2010


290º Delírio

 

...eu me des(cubro), rubra, encandescente, eu me in(vento), eu me trans(ponho)... eu falho, eu me des(faço)...

Besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 10h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

23/09/2010


289º Delírio

...deliro de pressa, de recusa, de urgência... deliro de êxtase, desejo, fuga... deliro de redenção, de furor, de amor...deliro de dor, ardor, de santidade e de pecador... mas no fundo o deliro é de saudades...

besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 11h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

23/08/2010


288° Delírio

...a poesia abençõa os meus dias...a poesia, a trama da letra, o desespero, o desejo do poema, a fúria do soneto, o despertar do espanto, o encontro das palavras em rima, sem rima, do desencontro... a beleza da alegria, da tristeza que só a poesia me trás...

Besitos...

 

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 08h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

27/07/2010


287° Delírio

... diariamente eu me confundo, diariamente eu me iludo, grito, rio, sussuro, diariamente eu minto a verdade que me espera...diariamente eu deliro de novo, de novo e de novo...

Besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 09h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

25/07/2010


286° Delírio

...como um novelo eu me enrolo, cheia de tramas, eu me recolho, no conforto da lã em noites de inverno, para somente depois alinhar-me em uma nova trama, uma manta, uma meia, um novo vestido de verão, leve mas acompanhado de minhas inseparáveis galochas...

besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 11h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

23/07/2010


285° Delírio

...vivo me passando, me entrelaçando, tantos sentimentos, tantos pensamentos, tudo sendo tanto...persigo, pois, imensamente esse tempo que vive nesse segundo que existe agora...

besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 08h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

22/07/2010


284° Delírio

...deliro um tempo de paz...deliro um tempo de respeito... deliro um tempo interno... um tempo de mim... egoísta, talvez, um tempo que respira , inspira, sopra, um tempo que festeja ao som de pura beleza...

besitos...saudades daqui, saudades de mim...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 19h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

24/06/2010


283° Delírio

estou presente e ausente...estou e vivo... vivo inquieta no mundo que desperta...

Besitos...

Escrito por Pattricia Pitombo às 18h21
[ ] [ envie esta mensagem ]

11/05/2010


282° Delírio

...sejamos mais efêmeros então, que o doce ou amargo não passe desapercebido, que a alegria e a tristeza exista,  que você viva, que não seja somente concreto possa ser também fluido, não somente uma coisa ou outra, mas que possa ser, somente uma e outra, ser somente você...

besitos...

 

Escrito por Pattricia Pitombo às 09h50
[ ] [ envie esta mensagem ]

Histórico


UOL